Conheça 4 características de uma gestão escolar inovadora  

26 de maio de 2023


Diante de tantos avanços tecnológicos e da inevitável criação de novas demandas, a área da Educação tem passado por profundas mudanças. Nesse sentido, a inovação tem se tornado um componente cada vez mais imprescindível no âmbito de uma gestão escolar que possa ser, de fato, considerada eficiente. Mas quais são as características propriamente ditas que são inerentes aos gestores educacionais inovadores? Neste post, o Blog da Vortex Educação lhe apresenta quatro das principais. Confira!

Para começar: quais são as atribuições de um gestor escolar?  

Gerir os recursos humanos, materiais e financeiros da escola. Criar estratégias que aproximem a instituição das famílias dos alunos. Viabilizar a formação continuada para professores e o pleno cumprimento do calendário escolar. Estar à frente no processo de construção do Projeto Político Pedagógico (PPP) da instituição e muito mais. Todas essas são atribuições que dizem respeito aos gestores educacionais.

Logo, as adaptações requeridas atualmente não se referem às atribuições exemplificadas acima, mas às formas que devem ser utilizadas tendo em vista a melhor execução das mesmas. Ficou claro? Então vamos lá.

Tecnologia é aliada

Um gestor escolar inovador reconhece a importância dos métodos e das ferramentas tradicionais de ensino, mas atribui à tecnologia um papel de destaque na otimização do processo de ensino-aprendizagem (através da implementação, por exemplo, das chamadas metodologias ativas na instituição). Além disso, fomenta a participação da tecnologia em todos os demais processos que também viabilizam o funcionamento da escola (tais como aqueles que são vivenciados pelo setor financeiro, pelo setor de infraestrutura e todos os outros).

Repensa o papel do líder

Esse é outro ponto de grande relevância: a liderança centralizadora vai gradativamente caindo em desuso e dando lugar para uma liderança democrática, cuja essência é bem mais de mediação. Isso é importante porque faz com que todos se sintam partes imprescindíveis do time e, claro, fiquem mais motivados e felizes, independentemente de questões relacionadas à hierarquia. Todos ganham.

De olho nas tendências

Aqui não se trata de “copiar” o que está sendo feito pelos concorrentes, mas, sim, de se estar devidamente atento àquilo que está sendo indicado pelo mercado. Identificar as principais tendências e preparar a instituição para recebê-las de modo autoral no futuro são ações que gestores inovadores sempre têm em vista. Isso faz total diferença.

Experimentar é fundamental

Quando se fala em inovação, claro que é. Gestores inovadores estão sempre abertos às novas ideias e aptos para colocarem em prática medidas promissoras que, ao mesmo tempo, podem soar como incertas. Além disso, encontram-se também preparados para lidarem de forma apropriada com possíveis adversidades decorrentes dessa ousadia. Ah, e é claro que a desistência diante destas jamais lhes soa como opção inicial!

E aí, curtiu? Uma gestão que se sustenta mediante tais características já é praticada na sua escola?