5 características de uma gestão escolar eficiente

20 de novembro de 2023


Administrar uma instituição de ensino não é uma tarefa fácil. São muitos os caminhos possíveis. E nem todos estão associados aos melhores resultados. Nesse sentido, algumas características são inerentes, sim, a uma gestão escolar eficiente. E o Blog da Vortex Educação vai, neste post, lhe apresentar a 5 delas. Vamos lá?

1. Uma boa gestão escolar valoriza a equipe docente  

Professores que se sentem valorizados tornam-se profissionais ainda mais engajados com a proposta de ensino da instituição. Logo, as aulas ficam mais produtivas. Ideias criativas e inovadoras vêm à tona com mais facilidade. E o processo de ensino-aprendizagem melhora, assim, sob todos os aspectos. Como isso pode ser feito? Através de valorização salarial e de formações continuadas que, de fato, capacitem os docentes para que estes possam lidar de maneira apropriada com as demandas mais atuais e desafiadoras do ensino.

Aproveitando o gancho, não poderíamos deixar de frisar que os professores das escolas parceiras da Vortex Educação estão sempre antenados com relação às novas práticas pedagógicas e tendências de ensino, com destaque a ser dado para as mudanças decorrentes da implementação do Novo Ensino Médio. Ah, vale ressaltar ainda que a formação continuada dos professores é considerada item obrigatório pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

2.  Uma boa comunicação é imprescindível

Uma gestão escolar eficiente fomenta uma estrutura comunicacional que não dá espaço para “ruídos”. A transparência é total. E deixa claro que todos “têm voz”. Dessa forma, todos se sentem importantes e com papeis de destaque nos processos que permeiam o desenvolvimento da instituição.

3. Descentralização é base

Isso é fundamental para que profissionais das mais diversas áreas se motivem ainda mais e, a partir disso, possam atuar de forma cada vez mais efetiva em prol da obtenção dos melhores resultados acerca dos seus respectivos setores. 

4. Busca constante por aperfeiçoamento

Não é nada recomendável que um profissional, independentemente da sua área de atuação, fique “parado no tempo”, certo? E, no âmbito educacional, isso não é diferente. Especialmente em decorrência do crescente protagonismo da tecnologia no ensino, novas demandas educacionais têm surgido. E uma gestão eficiente, com certeza, está preparada para todas essas novidades. Logo, a busca constante por aperfeiçoamento é essencial para a plena estruturação de uma gestão eficiente! 

5. Feedbacks: é preciso saber dar e receber!  

Esse momento pode ser viabilizado em grupo, ou mesmo de maneira individual. Mas o fato é que a humanização tem que estar bem presente ao longo de todos esses processos. Afinal de contas, como bem sabemos, nem todo feedback é positivo e há de se ter muita empatia, resiliência e profissionalismo para que, diante de contextos mais “tensos”, os ânimos não fiquem exaltados, por assim dizer. 

E aí, curtiu? Como são os processos de gestão na sua instituição?