Como ajudar os professores a desenvolverem habilidades socioemocionais?

8 de setembro de 2023


A jornada pelo caminho da docência é repleta de desafios, dentro e fora das salas de aula. E, nesse contexto, um bom domínio acerca das habilidades socioemocionais faz total diferença. Afinal, elas são tão importantes quanto as habilidades cognitivas e, sem dúvidas, enormes aliadas no dia a dia de todas as pessoas que as priorizam. 

Mas o que são habilidades socioemocionais?

Em suma, são habilidades que possibilitam a quem as possui um controle mais consciente acerca das próprias emoções e sentimentos e que também facilitam o trato com as emoções e sentimentos (comportamentos, em geral) protagonizados por terceiros. Esse tipo de conhecimento faz com que as pessoas lidem de forma mais resolutiva com problemas, incertezas e mudanças bruscas que são típicas do dinamismo frenético do mundo atual.

Que outros benefícios se associam às habilidades socioemocionais?

Numa visão mais geral: fica mais fácil organizar as diversas demandas do dia a dia. Interações com outras pessoas se tornam mais positivas e eficientes. E níveis maiores de proatividade e resiliência se fazem notar por ocasião da lida com situações mais desafiadoras.

Numa visão mais específica (quanto ao âmbito docente): a relação professor-aluno se fortalece. O professor desfruta de melhores condições no intuito de viabilizar um ambiente de aprendizagem mais condizente com as propostas educacionais da instituição. Diante disso, os alunos se sentem mais seguros, confiantes, inspirados. E terrenos mais férteis para o afloramento de ideias criativas, que têm o poder de deixar as aulas ainda mais atrativas, vêm à tona com mais facilidade. 

Como as escolas podem ajudar?

Diversas ações acenam para as instituições de ensino nesse contexto. Primeiramente, há de ser considerado um nível adequado de humanização naquilo que se refere ao “modus operandi” da gestão escolar. Outra medida muito importante diz respeito à promoção de um maior nível de integração entre os colaboradores (de todos os setores da escola). O oferecimento de um suporte psicológico devidamente qualificado; a viabilização de momentos relaxantes ao longo das semanas, e de capacitações que facilitem o desenvolvimento dessas habilidades são outras medidas que, nesse sentido, sempre se associam a ótimos resultados.

Como o Programa de Formação Continuada oferecido pela Vortex Educação para os professores das escolas parceiras é útil nesse contexto?

É simples: nosso Programa de Formação Continuada ajuda os professores a desenvolverem uma segurança e um embasamento ainda maiores quanto às funções que precisam concretizar em sala de aula. E é claro que isso se reflete também no contexto pessoal e no fortalecimento do âmbito psicológico de cada um. Assim, os professores passam a ter mais condições de esboçarem estratégias que irão fomentar um maior nível de engajamento por parte dos estudantes, fato esse que torna o processo de ensino-aprendizagem mais eficiente; e, entre outros tantos benefícios, permite que possíveis dificuldades de aprendizagem sejam percebidas de forma mais rápida e que soluções que tenham por base esses problemas venham à tona com uma fluidez muito maior.

E aí, curtiu? Os professores da sua instituição são incentivados a desenvolverem habilidades socioemocionais? Quais ações são viabilizadas, nesse sentido, na sua escola?