Você conhece a importância das pesquisas de mercado no âmbito educacional?

16 de outubro de 2023


As pesquisas de mercado são instrumentos muito conhecidos no mundo dos negócios. Elas aproximam as instituições dos seus públicos-alvo; potencializam os efeitos decorrentes de ações estratégicas; possibilitam a mensuração da satisfação dos clientes; permitem a identificação de oportunidades promissoras; fomentam um entendimento melhor acerca dos concorrentes, e, por tudo isso (e mais!), são decisivas no processo de consolidação das marcas junto ao meio social. Mas o fato é que a utilização dessas ferramentas no âmbito dos empreendimentos educacionais constitui um processo relativamente novo.

Tratando de forma mais específica: quais são as funções das pesquisas de mercado no âmbito educacional?

Elas permitem que os gestores educacionais entendam melhor os comportamentos dos públicos-alvo quanto ao posicionamento adotado pela instituição. Além disso, possibilitam que seja obtido um timing mais assertivo quanto à concretização de determinadas ações. Assim, a verificação da existência de demandas (ou não) quanto ao lançamento de um novo produto ou serviço a ser prestado pela instituição fica melhor norteada, por exemplo.

Outros pontos importantes: interpretações eficientes acerca dos dados e insights obtidos nesse contexto podem gerar uma vantagem competitiva, otimizar gastos, melhorar processos internos e mais: todas essas informações podem, inclusive, permitir a descoberta de novos públicos para a instituição.

Quais são os passos básicos que compõem essas pesquisas?

Primeiramente, há de se definir as metas, o que se pretende descobrir com a pesquisa. Na sequência, definir quais são os públicos-alvo. Depois, dimensionar a amostragem (ou seja, quantas pessoas irão respondê-la). O próximo passo consiste na elaboração de um roteiro de perguntas que possa nortear a construção do questionário, em seguida. Por fim, vem a aplicação, a compilação dos resultados, dados e insights, e a tradução de tudo isso em informações que possam servir, de forma estratégica e eficiente, para o processo de desenvolvimento da instituição.

Ah, vale ressaltar que é importante atentar para a quantidade das perguntas (o ideal é que não sejam questionários longos) e também para o tipo de pesquisa de mercado em questão. Sim, existem algumas opções nesse sentido e é necessário saber de maneira prévia qual delas melhor se aplica ao propósito da ação. Mas, calma! Esse é papo para outro post bem legal aqui no Blog da Vortex Educação!  

E aí, curtiu? Pesquisas de mercado são aliadas da sua instituição?