Saiba como a interdisciplinaridade pode ser base de um ensino muito mais dinâmico e eficaz

31 de outubro de 2022


“De que forma eu vou usar esse conhecimento, essa informação na minha vida?”, quem nunca pensou em algo do tipo especialmente diante de assuntos mais complexos de serem entendidos numa sala de aula? Pois é. Esse tipo de questionamento continua bem frequente no ambiente escolar e a boa notícia nesse sentido é que o conceito da interdisciplinaridade tem se fortalecido no intuito de facilitar a busca por respostas dessa natureza.

Mas, afinal de contas, o que é interdisciplinaridade?

Interdisciplinaridade nada mais é do que a interação que se estabelece entre várias disciplinas e pontos de vista distintos – ao mesmo tempo –  na tentativa de se oferecer uma perspectiva mais abrangente acerca de determinados assuntos para os estudantes.

Imagem de macrovector no Freepik
Imagem de macrovector no Freepik

Grandes vantagens

São muitos os pontos positivos associados ao uso da interdisciplinaridade. Através dela, é possível se notar maiores dinamicidade e qualidade no que se refere ao processo de ensino-aprendizagem. Além disso, os estudantes acabam sendo incentivados a nutrirem uma postura mais crítica diante das informações que lhes são destinadas, tornando-se indivíduos cada vez mais conscientes e responsáveis por suas ações no meio social.

Outros pontos importantes de serem ressaltados se referem à construção de um ambiente mais fértil para cooperação (tanto entre os professores, quanto entre os próprios alunos) e à autonomia mais evidente que torna estudantes e professores reais protagonistas no processo de ensino-aprendizagem (indo muito além do que podem definir vários currículos “engessados”).

Dessa forma, os estudantes ficam ainda mais motivados para participarem das aulas e os professores ainda mais motivados para ministrá-las. Todos saem ganhando.  

Qual é a diferença entre interdisciplinaridade e multidisciplinaridade?

A multidisciplinaridade também relaciona diferentes disciplinas, mas de uma forma mais limitada. Nesse caso, as disciplinas em questão são relacionadas de modo a fazer com que cada uma cumpra papeis específicos. Papeis esses que não necessariamente são norteados por um propósito comum. Já na interdisciplinaridade a dinâmica estabelecida é diferente. Nela é possível notar um nível de integração bem maior entre as disciplinas, sendo as mesmas voltadas para um mesmo intuito. Ou seja, há uma soma de saberes acerca de determinado assunto, tema.

E aí, a interdisciplinaridade é uma das bases que norteiam as aulas na sua escola?