Como o folclore é trabalhado na sua escola?

21 de agosto de 2023


O folclore é um dos maiores aliados da cultura popular de um país. Ele se faz notar de diversas formas e, claro, no âmbito escolar, detém uma enorme importância também no contexto do processo de ensino-aprendizagem. Mas como essa ferramenta é aproveitável na escola? O que vem a ser, de fato, o folclore? Obtenha essas respostas (e muito mais!) na sequência dessa leitura!

Por dentro do conceito

A palavra folclore vem do inglês “folklore” e significa “sabedoria popular”. Ou seja, é o conjunto de tradições e manifestações populares composto por mitos, lendas, provérbios, danças e afins que tão bem ajudam a caracterizar a identidade de um povo.

Nesse sentido, esses conteúdos passam de geração em geração mediante as formas mais diversas. Ou seja, festas, encenações, literatura, música (entre outras tantas maneiras) são os veículos que fazem com que todas essas nuances culturais continuem não apenas a existir, mas também a inspirarem a todos que com elas entram em contato.

Como trabalhar o folclore na escola?

Agora ficou fácil de entender como isso é possível, não é mesmo? Ora, tendo por base a natureza dos veículos citados acima, apresentações artísticas no ambiente escolar são peças-chaves quando a proposta em questão diz respeito a trabalhar esse tema da melhor forma em prol das crianças e dos adolescentes.

Até mesmo pratos típicos, aqueles que são mais “emblemáticos”, mostram-se como componentes importantes de uma estruturação folclórica. Então, por que não se pensar numa feira gastronômica que se relacione a alguma história bem popular? Por que não se usar a literatura de cordel para ilustrar de modo bem divertido algum conteúdo que, nesse contexto, precise ser enaltecido?

Seminários, palestras, produção de murais e visitas a espaços que abordam temas folclóricos são outras alternativas bem interessantes. Mediante um bom planejamento e um trabalho de pesquisa bem feito, diversas atividades enriquecedoras podem ser concebidas.

Grande importância

Além de ser esse grande pilar cultural, o folclore ajuda crianças e jovens a respeitarem as diferenças, a diversidade, uma vez que cada região tem suas “peculiaridades folclóricas”. A pluralidade cultural representa uma das maiores riquezas de um país, e, como tal, tem tudo para agir positivamente na formação dos estudantes.

E aí, curtiu? Como o folclore costuma ser trabalhado na sua instituição?