Confira 4 dicas de atividades para serem feitas nas férias escolares 

11 de dezembro de 2023


Um dos momentos mais esperados do ano, por parte dos alunos, chegou: as férias escolares. E é claro que descanso e descontração são os alvos principais de crianças e jovens ao longo desse período. Mas você sabia que esses dias também podem incluir momentos de aprendizagem e desenvolvimento de valores que são importantes para a vida em sociedade e também para a vida pessoal de cada um? Leia nossa matéria do início ao fim para saber como isso é possível! 

1. Ação social 

Neste final de ano, que tal se pensar numa ação solidária que possa incluir toda a família? Doação de roupas, alimentos, brinquedos. Uma simples visita a um lar de idosos. Ações simples como essas, além de fortalecerem os vínculos familiares, ajudam a despertar, em crianças e jovens, o senso de partilha, empatia, cidadania e muito mais. 

2. Incentivar a sustentabilidade 

Que tal incentivar essa galera a colocar, literalmente, a mão na terra? O cultivo de uma horta (obviamente, para quem dispõe, onde mora, de um espaço físico viável para a realização dessa atividade) é uma alternativa bem interessante. Através dessa ação, se coloca em destaque a importância da sustentabilidade, viabiliza-se uma alimentação mais saudável, e, entre outros benefícios, a saúde mental também sai favorecida. 

3. Oficina de artes 

Nada melhor do que incentivar que essa juventude dê voz, de forma irrestrita, à criatividade, não é mesmo? Sem terem qualquer tipo de preocupação com o tempo, ou com quaisquer outros desafios que são inerentes ao dia a dia escolar, crianças e jovens tendem a aproveitar bem mais essa possibilidade, usufruindo de materiais diversos e concebendo ideias que têm tudo para irem ao encontro do desenvolvimento de parâmetros como autoconhecimento, autonomia, autoestima e empoderamento. Logo, uma oficina de artes é algo que, sim, merece ser levado muito em conta! 

4. Atividade física 

Exercícios físicos, o quanto antes passarem a fazer parte da rotina de uma pessoa, melhor. E, quanto à vida de um estudante, essas atividades precisam ir muito além das aulas de Educação Física vivenciadas no contexto escolar. Logo, esse período de férias é ótimo para que se viabilize uma aproximação maior entre crianças e jovens à alguma prática esportiva, por exemplo. Depois que esse processo começa, essa galera, com toda certeza, pega bem rápido gosto pelo movimento!  

E aí, curtiu? Que outras atividades podem ser incentivadas por pais (ou responsáveis) e professores junto aos estudantes para que estes possam desfrutar de um período de férias revigorante e, de fato, enriquecedor em todos os sentidos?