Como lidar com os mais variados perfis de estudantes?

20 de março de 2023


Eles podem ser tímidos, extrovertidos, contestadores, estudiosos, líderes, bagunceiros, agressivos e/ou até mesmo distantes. São muitos os “perfis” de estudantes existentes. E é óbvio que cada um desses conjuntos de características demanda uma lida específica por parte da escola. Em especial, claro, por parte dos professores.

“Só quero ficar na minha”

Primeiramente, precisamos atentar para as singularidades que envolvem cada perfil. Um estudante tímido tem uma certa aversão à ideia de se sentir exposto, de falar diante dos colegas e precisa ter pontos como autoconfiança, comunicação e senso de trabalho em equipe priorizados ao longo do processo de ensino-aprendizagem. Mas no geral é alguém que se dedica bastante aos estudos e conta com um grande senso de responsabilidade.

“Sem vergonha” (no bom sentido!)

Já o estudante extrovertido tende a ser bem popular. Gosta de participar das aulas e tem um fluxo de pensamentos acelerado, que faz com que seu gosto por todo tipo de assunto a ser trabalhado em sala de aula seja incrementado também por muitos momentos de dispersão. Esse é um jovem que precisa aprender mais a ouvir e a desenvolver o que conhecemos por autocontrole.

“Sempre pronto para o confronto”  

Há também o perfil contestador. Esse é o estudante que talvez mais desafie o professor, uma vez que “qualquer resposta” para uma pergunta que ele, por ventura, faça, não irá bastar. Ele vai deixar bem evidente toda e qualquer insatisfação com relação àquilo que está sendo transmitido no momento da aula e, por vezes, tem dificuldades em lidar com determinadas regras. Nesse caso, os aspectos que mais devem ser desenvolvidos são autocontrole, capacidade de ouvir, paciência, resiliência e empatia.

Imagem de pressfoto no Freepik
Imagem de pressfoto no Freepik

“Fome por conhecimento”

O aluno estudioso é aquele que “menos trabalho” costuma dar para os professores. É sempre muito atencioso e dedicado. Mas é importante que os professores fiquem ligados numa autocobrança excessiva que ele pode vir a fazer. A busca incessante pelo perfeccionismo é algo que pode gerar problemas, especialmente no âmbito psicológico. Esse é um aluno que geralmente precisa lidar melhor com derrotas e desenvolver um maior senso de cooperação.

“Cuidado com a prolixidade”

O estudante líder tem “o dom da palavra”. Sabe se expressar muito bem e tende a perder a noção do tempo quando está mergulhado na exposição de uma ideia. É alguém de fato provido por autoconfiança e que costuma estar sempre bem embasado com relação ao tema que norteia sua argumentação. Por isso é alguém que precisa desenvolver a paciência para que possa se expressar nos momentos certos, sendo necessário também o desenvolvimento de uma capacidade de síntese para que a participação dos outros alunos não fique comprometida.

“Em busca de atenção”

Eis o “pesadelo” do professor: sim, ele, o aluno bagunceiro. Esse jovem tende a ser muito disperso e faz de tudo para chamar atenção. É extrovertido e tem um certo poder de influência. Esse caso demanda um acompanhamento mais próximo e costuma ser bem mais complexo. Empatia, senso de cooperação, foco, autocontrole são apenas alguns dos pontos que precisam ser muito bem trabalhados. O mesmo vale para aquele aluno que se comporta de uma forma mais agressiva.

“No mundo da lua”

Ele é bastante distraído, “na dele”, e parece, em muitos momentos, “não se importar com nada”. É aquele que, em não raras vezes, dorme em sala ou mesmo que fica se dedicando a atividades que fogem totalmente do propósito das aulas. Por gostar tanto de viver “no mundo da lua”, precisa aprender a ter foco, definir prioridades e, dentre outras coisas, desenvolver uma postura colaborativa.

Trabalho em várias frentes

Além desses, é claro que há outros perfis de destaque. O importante é que a metodologia de ensino da instituição contemple de alguma forma as singularidades de cada estilo e que os estudantes contem com um sistema de orientação educacional e psicológica adequado. Esse trabalho conjunto tem tudo para render ótimos resultados e fazer com que os estudantes se desenvolvam não apenas no âmbito intelectual, mas também no mental e no contexto social.

Para todos os perfis: autoconhecimento é peça-chave para o pleno desenvolvimento de todos os estudantes

A Vortex Educação e a Eai Educa firmaram uma importante parceria que tem rendido ótimos frutos para as nossas escolas parceiras. Crianças e jovens que já aproveitam tudo que nossos materiais didáticos têm a oferecer, têm também a oportunidade de desenvolverem ainda mais sob a ótica da inteligência emocional, diferencial esse tão importante na formação de qualquer indivíduo. E é claro que você não vai deixar de oferecer algo tão importante para seu alunado, não é mesmo?

Então acesse logo o seguinte link https://linktr.ee/comercialvortex e entre em contato direto com algum representante da nossa equipe comercial. Comece a otimizar a qualidade do ensino oferecido por sua instituição hoje!